Conheça #08 — Nauak

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

compartilhe

Nauak é o projeto idealizado por Kauan Lima.

Kauan teve seu primeiro contato com a música eletrônica em 2013, frequentando festas e club’s. O seu interesse pela música despertou a vontade de conhecer e se aprofundar no assunto.

Com sua técnica apurada e suas mixagens harmônicas, Nauak é um projeto que vem com a proposta de trazer o mais puro progressive trance. A cada apresentação busca trazer algo novo e que tragam conexão entre a musica e a mente. Essa mistura de técnica, amor e feeling fazem de suas apresentações diferentes e marcantes.

Confira abaixo um bate papo com esse futuro artista que mescla progressive trance e techno com seus dois projetos.

Como e quando começou a frequentar o cenário eletrônico?
Conheci a musica eletrônica através de amigos que já curtiam. Em 2013 comecei a frequentar club`s e algumas festas no mesmo ano fui em uma Playground e ali tive o meu primeiro contato com psy trance.

E virar DJ?
Frequentando festas fui criando o interesse de saber o que realmente o DJ estava fazendo em cima do palco e em 2016 fui em um Encontro de Música Eletrônica, organizado pela Yellow. Foi aonde eu realmente tirei minhas duvidas e descobri ainda mais sobre o universo da musica eletrônica. Aí em diante estava decidido que queria ser DJ.

Vemos vários projetos surgindo a cada dia, o que é ser DJ para você e como se destacar neste mercado?
Para mim ser DJ é ser um artista que expressa a sua arte em forma de música que tem o objetivo de trazer a alegria e principalmente a dança para quem está buscando essa arte. Eu acredito que para se destacar o artista tem que ser completo ter o feeling com a pista, ter um material profissional e ter a sua própria identidade musical.

Suas referências nos tempos de pista são as mesmas que estão no palco contigo?
Conforme o tempo foi passando o meu gosto pessoal foi mudando mas quando tenho a oportunidade toco tracks de Freedom Fighters, Gaudium, Ritmo, Flegma, Ace Ventura entre outros. Busco sempre trazer as clássicas para a galera mais antiga do rolê ter aquela sensação de nostalgia.

https://soundcloud.com/nauakoficial/especial-dj-set-circuito-psychedelic-e-yellow

Você possui dois projetos de linhas diferentes, um pessoal e um que faz parte de um coletivo. Nos fale um pouco deles.
O projeto Nauak é o projeto ‘’principal’’ que eu trago a proposta de Progressive trance em uma linha mais reta e dançante.

O meu outro projeto é o K.lima é um projeto que vem com a proposta de trazer boa música, livre de rótulos e sem restrições a vertentes ou estilos e também residente do Coletivo Beyond no qual faço parte.

Nos conte um pouco de como é montado o seu SET?
Em meus sets procuro trazer uma linha mais mais reta do progressive trance algo não muito agressivo e groovado, gosto que a melodia leve a pessoa a dança. Hoje pesquiso de 2 a 4 horas por dia pesquiso varias vertentes e estilos procurando algo novo que possa acrescentar em meu sets. Artistas que eu gosto que sempre estão em meus pen-drives são: Sideform, Sonic Species, Redrosid, Argon Sphere, Upsoull, ZeoLogic, Lifeforms.

Quais os próximos passos?
O principal passo é a produção musical, quero poder expressar por completo tudo que eu passo para pista só que tracks autorais.

Outro passo é poder acrescentar cada vez mais a cena eletrônica com o Coletivo Beyond.

Saiba Mais:
* Soundcloud.
* Facebook.

Próximos eventos