Conheça #06 — E-rom

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

compartilhe

Erom Gomes, conhecido pelo seu projeto E-rom, é mais um artista desta nova safra da região de Curitiba. Assim como muitos, começou na pista e uma luz lhe acendeu sob sua cabeça para subir ao palco, porém como poucos é um dos DJs que mais vem chamando a atenção nas festas onde se apresenta.

Quem esteve na última edição da Burn Trance, sabe muito bem do que estou falando. Seu set é recheado de tracks de artistas nacionais e israelenses, é explosivo e faz com que a pista fique enlouquecida a cada virada.

Abaixo você confere um pouco mais do artista e fica o convite para estar na pista na próxima apresentação.

Você iniciou seu projeto em 2016, mas antes disso como conheceu a música eletrônica?
Meu primeiro contato com a música eletrônica foi em uma rave universitária em 2015

Quais foram suas referências enquanto estava na pista e agora como DJ?Quando estava nas pistas gostava e gosto muito da energia que artistas como Vegas, Bliss, Avalon transmitiam e transmitem até hoje. Atualmente como DJ tenho como referencias Element, Fabio Leal, Astrix que são mestres na mixagem, já como produtores Burn in Noise, Altruism, Earthspace são os montros.

Com praticamente quase três anos de projeto, como você vê o cenário atual para os artistas?
Quando comecei a gostar de Psy Trance não era tão visto aqui no Sul como no resto do Brasil, acredito que a música eletrônica em sim não tinha muito espaço. Você pode comparar os eventos mais de mídia, como a própria rave universitária, antigamente era uma pista de eletrônico (minimal, deep, techno) e outra pista de sertanejo e funk, hoje em dia se não tiver uma pista de psytrance a festa simplesmente não rola.

Hoje o cenário pra nós artistas é muito amplo, mas é claro para aqueles que correm atrás, festa é o que não falta, basta fazer por merecer, trabalho bem feito cedo ou tarde é reconhecido.

Com certeza já houveram muitos perrengues, existe algum que mais lhe marcou?
Com certeza a virada de ano no Adhana 2016/2017 hahaha eu havia levado uma barraca que não era permeável e rolou que na virada do ano tinha combinado com meus amigos que ia dormir e acordaria faltando 1h para virada do ano.

Faltando 1h pra virada do ano acordei todo encharcado de água porque estava chovendo dentro da minha barraca hahahaah, ai faltando 30 pra começar Alpha Portal na pista e me acontece isso, saí da barraca correndo e fui chamar meus amigos e todos estavam dormindo.

Aconteceu que fui pra pista sozinho e curti a virada no frio, molhado, mas pelo menos curti hahaha

Por outro lado qual apresentação mais lhe marcou positivamente?
Última festa que toquei Burn In Trance#02 com certeza, ver que tudo que eu treinei, dar certo e a pista responder muito bem, foi inexplicável. Estava meio receoso pois testei 2 mashups e uma intro que eu mesmo fiz, mas gostei muito, tanto que no final do set vieram 2 pessoas me abraçar chorando me agradecendo por ter tocado um Old School no final.

Conseguir transmitir o que eu sinto, foi foda!

O que espera transmitir para a pista quando está tocando?
Espero sempre transmitir alegria, boas energias, felicidades e muita psicodelia.

Podemos dizer que você é de uma nova safra de DJs que estão surgindo e sonhando em viver só da música. Quais são seus sonhos?
Recentemente consegui arrumar meu estúdio no meu quarto, que pra mim foi uma grande conquista, eu já sou produtor mas quero fazer outro curso de produção avançada pra poder realmente entregar um trabalho de alto nível, pretendo tocar Live só com tracks autorais, quero fazer algo foda e diferenciado.

Sonhos são muitos, maioria dos DJs sonham com festivais grandes e etc, eu também sonho é claro, mas quando for tocar neles eu quero tocar o meu live, então um passo de cada vez.

Mas tem um que eu sinto que esta cada dia mais perto, que é tocar na Progressive, meu sonho de virar DJ começou lá e hoje com certeza tocar lá é o meu próximo objetivo, sinto que quando tocar lá vai ser umas das melhores sensações da minha vida.

Os sonhos maiores prefiro guardar em minha mente e batalhar por eles.

Cite 3 tracks que não podem faltar em um set teu.
Burn in Noise — Orders From Machine (E-rom Mashup)

Saiba mais:
Facebook
Soundcloud

Próximos eventos